Categoria: Tecnologia

A transformação digital da Magazine Luiza pode trazer benefício aos comerciantes.

A tecnologia vem tendo sua importância cada vez mais destacada no cenário econômico, devido a comodidade, facilidade e interatividade que proporciona ao usuário e as inúmeras possibilidades de propiciar um melhor atendimento e conhecimento dos consumidores da loja.

Devido aos pontos arguidos acima, todas as grandes marcas do mercado tem investido pesado no desenvolvimento de inovações tecnológicas, e com a Magazine Luiza não é diferente.

Pensando em inovar, expandir sua marca, expandir a oferta de produtos e ganhar sobre os pequenos e médios vendedores que não tem uma estrutura com a organização e abrangência da Magazine Luiza, a marca vem apostando nas parcerias para expandir ainda mais a potência da marca no cenário nacional.

Conheça os programas ofertados para parceiros

A transformação digital da Magazine Luiza vem proporcionando um grande crescimento financeiro da empresa, e esse fato deve ser destacado ainda mais se considerarmos a crise de anos cujo qual o mercado brasileiro vem passando.

Já pensou poder conseguir lucrar cifras altas mesmo com essa crise? Pois é, isso agora é possível, as lojas Magazine Luiza disponibilizaram para os interessados diversas formas de se tornar um parceiro da loja e embarcar nesse crescimento da marca.

Confira abaixo alguns desses programas ofertados para os interessados em uma parceria:

Parceiro Magalu o Marketplace da Magazine Luiza

A plataforma da marca passou a aceitar parceria com comerciantes desde 2016, essa modalidade permite que os comerciantes interessados exponham seus produtos nesse canal de grande credibilidade e realize vendas através das diversas formas de pagamento disponíveis no site, inclusive com as vantagens ofertadas para os detentores do cartão de crédito Magazine Luiza.

Lembre-se, você que é usuário de cartão de crédito deve aproveitar as vantagens com cautela, pois gastos desnecessários podem vir a ser motivo de muitos problemas para seu planejamento financeiro, o educador financeiro Guedes, autor do site “2º Via Fatura”, ensina neste link como verificar informações do Cartão Magalu.

Magalu Entregas

Parceria em que o comerciante usa da estrutura da Magazine Luiza para realizar a entrega de seus produtos a troco de um preço mais em conta de frete para seus consumidores, para poder fazer uso desse serviço, o vendedor paga uma comissão a loja Magazine Luiza e sua responsabilidade passa a ser imprimir etiqueta de envio, emitir uma nota fiscal e levar a uma das agências do correio.

Magazine Você

Nessa modalidade a marca oferece uma parceria ao seu cliente, os interessados podem criar uma loja virtual na qual será ofertado alguns produtos de sua escolha, conforme as vendas forem sendo efetuadas, a Magazine Luiza cobra uma comissão sobre o valor da venda realizada.

Gostou dessa novidade que nosso site https://www.gpspoint.com.br/ trouxe para você? Então não deixe de embarcar nesse sucesso e se torne um parceiro Magalu.

TI Verde e sua empresa

Você sabe o que é TI Verde?

Há alguns anos o meio ambiente vem se tornando a preocupação de muitas empresas na hora de projetar seus produtos. Um dos termos mais usados no ramo tecnológico é o TI Verde, que está ligado aos processos de fabricação dos componentes, administração, utilização dos equipamentos e descarte do “lixo eletrônico”.

Durante a fabricação, a principal preocupação é em criar produtos que consumam menos energia e evitar a utilização de metais pesados, que são altamente nocivos ao meio ambiente. Além disso, também é preciso evitar componentes químicos e aumentar a quantidade de materiais recicláveis.

Na administração o objetivo é poupar energia.Para Pablo Hess, biólogo e editor das revistas de tecnologia Linux Magazine e Easy Linux, um dos fatores que torna a economia de energia importante é a redução de calor gerado pelas máquinas em consequência da redução de energia gasta pelas mesmas.

Para reduzir esse gasto existe a virtualização, que passou a ser quase obrigatória às empresas de tecnologia que tem uma política verde.

Como aplicar a TI Verde em empresas e no dia a dia?

Tecnologia da Informação Verde é um conceito criado há alguns anos para mostrar a intenção de empresas tecnológicas em cuidar do meio ambiente e evitar danos causados pelos seus produtos.

Para que uma companhia adote este conceito é preciso pensar grande e criar práticas capazes de fazer com que o uso da tecnologia não agrida o meio ambiente. Para isso é preciso levar em conta desde a administração da empresa até a fabricação de seus produtos e rotina de trabalho.

Algumas mudanças simples podem colaborar com a preservação do meio ambiente. Uma reunião presencial, por exemplo, pode aumentar a emissão de gás carbônico por meio das viagens feitas até a sede da empresa. Com a virtualização, é possível realizar “encontros” online via Skype.

Qualquer empresa pode adotar o conceito do TI Verde, basta tomar medidas em relação à fabricação de seus produtos e pesquisar sobre as máquinas e equipamentos adquiridos para a produção da empresa.

As empresas que têm políticas verdes trabalham com as seguintes características:

  • Uso eficiente dos recursos tecnológicos;
  • Maior vida útil;
  • “Triple BottomLine” (equilíbrio no desenvolvimento de três pilares: econômico, social e ambiental);
  • Desenvolvimento de sistemas e componentes de baixo consumo;
  • Reciclagem;
  • Redução de resíduos;
  • Produção de materiais atóxicos.

O Green IT veio para ficar. Faça a sua parte e cuide do meio ambiente adotando uma política verde para a sua empresa!

Crianças e a Tecnologia atual

É muito comum vermos crianças pequenas com celulares nas mãos, arrastando seus dedos na tela enquanto jogam ou apenas mexem nos aparelhos sem razão.

A chamada geração Alpha, de crianças nascidas depois de 2010, é conhecida por conseguir interagir com a tecnologia desde muito cedo.

Uma pesquisa da AVG Technologies mostrou que 57% das crianças de até cinco anos sabem usar aplicativos em smartphones, mas somente 14% sabem como amarrar seus sapatos.

Apesar da tecnologia fazer parte do nosso dia a dia, essa intimidade dos pequenos com ela pode não ser tão segura. Além do perigo de aproximação de estranhos por meio da internet, malwares podem ser prejudiciais aos computadores e dispositivos móveis e podem até permitir o roubo de informações pessoais do usuário.

Por mais que uma criança saiba como mexer em um celular ou computador, dificilmente ela vai saber diferenciar o que é bom e o que é ruim. Os pais não podem deixar de saber o que está acontecendo enquanto seus filhos navegam na internet, principalmente os pequenos.

A superexposição em mídias sociais também traz riscos de crimes virtuais, sequestro de dados e os malwares. Muitos pais registram momentos das crianças e divulgam sem filtro de restrições.

Muitas vezes os filhos são expostos desde o ultrassom na barriga da mãe até onde estudam e quantos anos tem. É preciso ter um cuidado muito grande com as redes sociais para que o lazer não se torne alvo de problemas para as famílias.

Veja dez dicas para proteger seu filho da internet e dos perigos dela:

  • Antes de postar informações e fotos dos seus filhos nas redes sociais, considere a idade dele. As crianças entrarão na vida digital em algum momento, porém não é preciso antecipar isso.
  • Antes de apresentar a tecnologia ao seu filho, explique os perigos e cuidados para ele. Reforce a importância de não conversar ou marcar encontro com estranhos e fale cobre compartilhar fotos e informações.
  • Ensine-as a não enviar dados pessoais por SMS ou email antes de conferir quem é o destinatário.
  • Defina um momento e horário do dia para que seu filho use o computador ou tablete.
  • Bloqueie conteúdos impróprios como pornografia, drogas, entre outros. Existem programas específicos para isso.
  • Tenha um software de segurança em todos os seus dispositivos e mantenha-o atualizado.
  • Além do computador, controle a navegação no smatphone e no tablete. Isso pode ser feito checando o histórico de navegação.
  • Monitore os programas de mensagens instantâneas. Isso evitará conversas e contato com estranhos.
  • Se mantida aberta, a conexão por Wi-Fi pode ser uma porta de entrada para criminosos. Crie senhas seguras para o Wi-Fi sem utilizar palavras comuns e datas de aniversário.
  • Fique atento com consoles de games e SmatTv’s, que se conectam à internet e possuem chats de bate-papo.