16 dicas para melhorar sua loja virtual e vender mais

Atualmente, empresas e empreendedores podem criar uma loja virtual em minutos, pois existem várias plataformas, plugins e sistema de gerenciamento para lojas de todos os tamanhos. Alguns exemplos são Prestashop, Magento, WooCommerce com WordPress e muitos outros sistemas.

Espera-se que na Espanha, em 2018, as vendas on-line aumentem em pelo menos 7% em relação a 2017. Isso está acontecendo porque mais e mais pessoas começaram a entender os benefícios de comprar produtos on-line: é mais rápido, mais barato e mais acessível .

Tudo isso torna extremamente necessário melhorar sua loja virtual, criando uma estratégia para aumentar suas vendas e melhorar o processo de compra, para que os usuários possam obter o que precisam sem problemas. Se você não fizer isso, sua loja virtual não poderá vender mais, porque um número mais significativo de lojas significa um número maior de concorrentes, lutando para conseguir esses clientes que procuram produtos na Internet.

Neste artigo, compartilharemos com você 16 truques que podem ajudá-lo a melhorar sua loja online para poder vender mais.

1. Ative todos os métodos de pagamento possíveis

Especialmente os principais: cartão de crédito e PayPal.

Os usuários geralmente têm suas preferências quando pagam on-line, e seria uma pena se um cliente não comprar na sua loja porque você não oferece a opção de pagamento favorita dele. Se ele não puder pagar usando a opção de pagamento com a qual trabalha, provavelmente procurará outra loja virtual.

2. Melhore a segurança e obtenha certificações

Melhorar a segurança de sua loja virtual ajudará os clientes a confiar em sua empresa, especialmente quando você solicitar suas informações pessoais. Se eles não acreditam no seu site, não compram de você. Inclua todos os logotipos de certificação que você possui em sua loja, explique sua política de privacidade e links adicionais para obter mais informações sobre seus termos de uso.

Ainda há muitas pessoas com medo e que não gostam de pagar online.

Tente inspirar o máximo de confiança possível para que não haja obstáculos durante o processo de compra.

3. Trabalhe com imagens de alta qualidade.

Contrate um fotógrafo profissional para tirar fotos do seu catálogo de produtos.

Você sempre deve usar imagens de qualidade. Dessa forma, seus clientes poderão ver o produto de vários ângulos, para saber exatamente o que estão comprando.

Talvez alguns sites estejam vendendo o mesmo produto a um preço mais baixo, mas se as imagens não tiverem a mesma qualidade, muitos usuários preferirão pagar mais, comprar em um site em que possam confiar.

4. Escreva suas descrições

Os textos das páginas do produto devem ser originais e exclusivos em sua loja virtual. Nunca copie descrições de outros sites, mesmo se você as encontrou no site oficial da marca.

O conteúdo duplicado é penalizado pelos mecanismos de pesquisa, o que afetaria negativamente sua estratégia de SEO.

Você deve escrever descrições originais usando as palavras-chave corretas para classificar os produtos, sem esquecer de adicionar todos os detalhes para ajudar o cliente a escolher o melhor produto.

5. Adicione métodos de contato e suporte

Não apenas durante e após a compra, mas também antes da compra. Às vezes, os clientes em potencial precisam fazer perguntas ou, apenas para verificar se há alguém do outro lado, para garantir que seja um site confiável.

Forneça um endereço de e-mail, número de telefone, formulário on-line ou até mesmo um bate-papo on-line em sua página, para que os usuários possam fazer perguntas antes de decidir comprar de você.

6. Crie diferentes páginas de destino

Crie páginas de destino diferentes para maximizar suas vendas através de testes A / B. Você pode testar diferentes designs, bem como toda a estrutura do seu site, para descobrir quais páginas funcionam melhor para o tipo de produto que você está vendendo.

Você pode testar para ver quais páginas de destino geram mais conversões, quais podem manter os usuários por mais tempo e quais geram um número mais substancial de interações.

Depois de ter dados estatísticos suficientes, você pode atualizar o conteúdo do seu site para incluir todos os elementos que ajudarão você a obter mais vendas. Criar testes A / B será fundamental para entender essas informações.

7. Não ofereça uma lista monótona de produtos

Crie uma estrutura organizada e uniforme.

Adicione chamadas à ação entre produtos no catálogo.

Use as imagens corretas para cada produto, textos e botões. Defina suas metas e crie páginas para alcançá-las, com foco no que você deseja que seus usuários façam.

Separe as páginas em diferentes categorias e adicione várias opções para filtrar o conteúdo.

Lembre-se de que melhorar o design ajudará a gerar mais conversões.

8. Planeje uma estratégia de conteúdo

Crie conteúdo valioso, publicando artigos interessantes, tutoriais, dicas, curiosidades, etc.

Adicione esses conteúdos à sua loja virtual, não crie outro site apenas para o conteúdo. Pare de pensar apenas em vender, comece a pensar em como ajudar seus visitantes.

Se você oferecer bons conteúdos regularmente, eles os compartilharão e seus artigos e tutoriais alcançarão mais pessoas.

Essa é a chave para atrair mais tráfego, o que significa que mais usuários visitarão seu site. Você deve começar a trabalhar com marketing de conteúdo.

9. Insira widgets em diferentes áreas da sua loja

Você pode usá-los para incentivar seus visitantes a interagir e melhorar a usabilidade do seu site. Os gerenciadores de conteúdo como WordPress, Prestashop e outros sistemas permitirão que você coloque esses widgets com apenas alguns cliques.

Adicione menus com categorias de produtos, carrinho de compras, filtro de preços, produtos mais vendidos, produtos mais populares, produtos relacionados, promoções etc.

10. Não se esqueça de incluir botões de compartilhamento

Isso pode aumentar a visibilidade de seus produtos nas redes sociais e você pode tirar proveito do marketing de recomendação: se um amigo ou cliente satisfeito recomendar um produto, será muito mais confortável para outros usuários se interessarem em comprá-lo, pois essas recomendações são importantes. muito mais peso do que qualquer discurso comercial.

Quase todos os modelos de gerenciador de conteúdo incluem essa possibilidade. Caso contrário, existem plugins gratuitos que você pode instalar para implementar essas opções em sua loja online.

11. Traduza seu site para vários idiomas

É essencial que você traduza seu conteúdo ou contrate um tradutor para preparar os textos em todos os idiomas com os quais trabalha, para que você possa obter ainda mais clientes.

Esqueça o uso de tradutores automáticos, como o Google Translate e ferramentas semelhantes. Se você pode vender seus produtos em outros países, é essencial ter um site completo.

12. Crie uma estratégia de preços

Tente ser o mais competitivo possível em relação aos preços.

Na internet, a comparação de preços está ao alcance de um clique. Para oferecer preços razoáveis, você deve analisar em detalhes todas as etapas do seu processo de vendas, para ver onde é possível reduzir custos.

Procure as melhores opções para entrega e logística de produtos, procure fornecedores acessíveis e confiáveis. Trabalhe com plataformas gratuitas, mas profissionais, como o WooCommerce.

13. Use redes de imagens sociais

Desenvolva campanhas em plataformas sociais que dão importância a fotos e imagens, como Instagram e Pinterest, especialmente se você tiver fotos profissionais de seus produtos para compartilhar.

Se for um produto de vestuário ou acessório, publique fotos para demonstrar o uso do produto. Não se esqueça de usar hashtags corretamente para gerar interações e aumentar o alcance do seu conteúdo.

14. Incentive os usuários a interagir com seu conteúdo

Incentive seus clientes a deixar comentários e escrever resenhas, peça que eles comentem na sua página de fãs do Facebook e respondam aos seus tweets.

Faça o seu melhor para ter um banco de dados proativo de usuários, gerando expectativas nas redes sociais, com promoções e informações úteis.

15. Crie uma estratégia de marketing por email

Enviar email marketing pode ser muito útil se você estiver criando uma loja virtual.

Quando planejada corretamente, uma estratégia de marketing por email pode ajudar a aumentar as vendas, se você enviar aos seus clientes o que eles esperam receber. Por exemplo, você pode enviar promoções, ofertas, descontos, conteúdo exclusivo e informações sobre seus novos produtos.

Mas você poderia fazer muito mais do que isso:

  1.  Envie email marketing, para que seus clientes não esqueçam sua loja virtual
  2.  Envie promoções exclusivas para criar um banco de dados fiel de clientes
  3.  Aproveite as melhores épocas do ano para vender mais
  4.  Dê mais visibilidade à sua loja online
  5.  Etc.

O email marketing é uma ferramenta essencial para qualquer loja virtual, pois, sem ela, você não poderá manter seus clientes envolvidos com sua marca. Lembre-se, é sempre mais fácil manter um cliente do que encontrar um novo.

16. Escolha o modelo certo para o seu site

Se você estiver usando um gerenciador de conteúdo, escolha um modelo de loja virtual visualmente atraente, mas não se esqueça de revisar sua usabilidade.

O design e a estrutura da loja são essenciais para aumentar suas vendas: a forma como os produtos são apresentados, o tamanho das imagens, efeitos visuais, opções de pesquisa etc. Além disso, você sempre deve selecionar um modelo responsivo (que seja exibido corretamente em todos os dispositivos e telas).

17. Analisar o comportamento do usuário

Você pode usar ferramentas como o Hotjar , que permite visualizar em um mapa o comportamento dos visitantes, ver onde eles estão clicando e até gravar as sessões na loja.

Isso permitirá que você entenda como os usuários estão interagindo com seu site, com informações cruciais para saber o que está funcionando, bem como quais páginas devem ser alteradas.

 

18. Sempre adicione texto alternativo às suas imagens

Se você planeja classificar seus produtos no Google, não esqueça as imagens em sua estratégia de SEO: adicione texto alternativo para todos eles.

Não se esqueça de preencher este campo com todas as imagens de seus produtos e tente usar palavras-chave, tipo de produto, nome do modelo etc.

Os usuários geralmente pesquisam um produto on-line antes de decidir onde o comprarão. Dessa forma, o cliente poderá ler opiniões, comparar preços e produtos similares.

19. Direcione sua estratégia de marketing

Analise e planeje suas estratégias de Marketing Digital com base nas ferramentas que você usará para atrair e segmentar seu público. Existem várias opções para criar interação com seu destino.

Estar presente nas redes sociais não significa apenas oferecer promoções, concursos e pedir aos usuários que sigam seus perfis e compartilhem seu conteúdo.

O objetivo é entender cada ambiente integralmente e desenvolver ações práticas com criatividade e originalidade.

20. Treine ou contrate um gerente comunitário

Um gerente da comunidade pode incentivar a participação nas redes sociais, melhorando o reconhecimento da marca e trabalhando com o atendimento ao cliente, para criar um grupo de usuários fiéis interessados ​​em seus negócios.

Além disso, a reputação online é muito importante, especialmente na Internet, onde tudo é publicado em tempo real; portanto, ter uma forte presença nas principais redes sociais será um fator crucial para a sua marca continuar crescendo.

Um comentário negativo de um cliente (justo ou não) pode prejudicar sua reputação, se você não estiver ciente e não tiver uma estratégia definida para lidar com esse tipo de situação.

Os clientes tendem a ser exigentes e esperam que o vendedor saiba como responder às suas reclamações com eficiência e rapidez.

21. Trabalhe com sua comunidade

Com paciência e know-how, os resultados chegarão. Não se trata apenas de vender produtos, mas de criar um espaço compartilhado onde seus usuários possam encontrar produtos e conteúdos relevantes.

Crie um site com sua personalidade e transmita uma filosofia de vida.

Concentre-se no usuário.

Sempre tente estar disponível para seus visitantes, ofereça ajuda e conselhos, responda suas perguntas, responda suas reclamações com soluções reais.

Seus embaixadores mais leais serão aqueles que espalharão suas ofertas sem que você precise perguntar e os primeiros que defenderão sua marca em uma crise de reputação.

22. Ofereça entrega gratuita com quantidade mínima

Ofereça entrega gratuita para produtos mais caros ou para clientes que gastam mais dinheiro em sua loja. Por exemplo, você pode oferecer frete grátis para compras acima de US $ 100; isso pode ser facilmente configurado no plug-in ou aplicativo da sua loja virtual.

Dessa forma, você incentivará os usuários a aumentar o valor total da compra até atingir o mínimo necessário para o frete grátis.

Além disso, você pode informar sua comunidade sobre essas promoções. Você pode usar suas redes sociais ou enviar boletins para explicar as regras.

23. Destaque seus produtos mais importantes

Adicione esses produtos em locais de destaque (página inicial, parte superior das páginas, em áreas relevantes de widgets, controles deslizantes) para que todos os visitantes possam vê-los sem precisar procurar por esses produtos.

O layout dos elementos na página será crítico para gerar vendas ou conversões.

Revise como os visitantes se comportam na sua página e verifique se os produtos estão localizados nas áreas preferidas do usuário.

Você pode instalar em seu site um sistema de monitoramento do comportamento do usuário para descobrir quais áreas são as melhores opções para destacar seus produtos.

24. Não coloque os produtos sob um controle deslizante

Infelizmente, muitos web designers usam controles deslizantes de imagem como mais uma ferramenta para criar uma página esteticamente atraente, deixando o conteúdo relevante em segundo plano.

Nesse caso, seu principal objetivo é vender seus produtos. Portanto, não os adicione em um controle deslizante na página principal, pois essa área é muito importante para seus melhores produtos.

Se você usar um controle deslizante, insira as informações importantes nele e sempre adicione links para acessar diretamente a loja ou a página específica do produto.

25. Escreva descrições completas

Tente preencher descrições ou guias de produtos com pelo menos 300 palavras para que as páginas sejam melhor classificadas no Google.

Descrições básicas e breves tornam os produtos menos relevantes para os mecanismos de pesquisa, mas também podem afetar suas vendas, pois os clientes terão menos informações sobre o produto.

Tente fornecer todas as informações disponíveis sobre o produto, especificações de todos os tipos, especificações técnicas, imagens, vídeos, etc.

26. Integrar plataformas de feedback e classificação

Instale um sistema de feedback do cliente em seu site. Esses aplicativos, quando instalados no seu site, solicitam comentários do cliente durante o processo de compra e exibem essas revisões na página para que outros clientes em potencial possam lê-las.

Além disso, pedir feedback ao consumidor sobre o serviço oferecido aumenta a excelente percepção da loja, uma marca que ouve proativamente seus clientes, tende a melhorar seus serviços por meio da comunicação 2.0.

A competição cresce diariamente na internet, não apenas em lojas virtuais, mas em todos os setores.

 

 

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *