Avaliação do Usuário: / 35
PiorMelhor 

Você já parou para pensar porque rimos de coisas engraçadas? Muitas vezes rimos em momentos nos quais deveríamos ficar sérios, não é mesmo? Eu sou um exemplo disso. E o pior, quando começo a rir, não consigo mais parar. Preciso respirar fundo, pensar em outras coisas e aí sim paro de rir.

Mas, por que será que isso acontece? Hoje iremos esclarecer suas dúvidas sobre as risadas que demos nos momentos engraçados de nossas vidas.

Capacidade de dar risadas

Não somos só nós humanos que damos risadas. Os primatas (macacos, chimpanzés, gorilas, etc.) também são capazes de rir em situações de convívio com outros seres. Rir é um sinal para o grupo que formamos no momento, como símbolo para demonstração de emoções, aproximação com os outros membros e também para a diminuição do estresse. Afinal, quem se sente mal – humorado ao ver uma cena divertida? Rir melhora o nosso humor na hora!

Gelotologia

Você sabia que existe uma ciência que estuda o riso? Sim, é chamada de gelotologia. Os gelotólogos descobriram que o ato de rir vêm de várias partes do cérebro. Quando escutamos ou vemos algo engraçado, como uma piada ou um palhaço em um circo, nosso cérebro trabalha para processar aquela informação. O lado esquerdo do cérebro analisou o fato, enviou informações para a parte do cérebro responsável pelas emoções e é acionada a parte intelectual, fazendo com que entendamos a piada ou situação engraçada. A partir disso, outra parte do cérebro recebe a informação de que estamos frente a algo engraçado e envia a resposta, que é o riso. Simplifiquei tudo em poucas palavras e não citei os nomes das partes do cérebro porque não é o nosso caso, mas se desejarem, posso explicar com mais detalhes, é só nos enviar um e-mail pedindo!

Então, podemos perceber que, para que possamos rir, várias partes do nosso cérebro são envolvidas. Tudo isso parece demorado, mas o cérebro processa muito rapidamente e rimos da situação em alguns segundos.

Por que nos sentimos tão bem quando rimos

Para espantar o mau humor, nada melhor do que uma boa risada. Isso porque a dopamina, uma substância química produzida pelos neurônios, estimulam o sistema nervoso central e nos dá aquela sensação tão boa que acontece quando rimos. Quando dizem que rir é o melhor remédio, é verdade. Por isso, muitos pacientes internados em hospitais são submetidos à terapias do riso e visitas de palhaços nas salas de hospital. Estudos já comprovaram a eficácia do riso para o tratamento de várias doenças.

Por que não conseguimos parar de rir

Quanto mais rimos, mais queremos rir. Quando rimos, ativamos uma parte do cérebro e temos a sensação de prazer. E, se dá prazer, por que parar? Funciona da mesma forma quando vemos alguém ao nosso lado dar aquela gostosa gargalhada, é um vício!  Se você precisar parar de rir, o melhor remédio é sair de perto daquilo que te provocou risos ou desviar sua atenção para algo sério. 

Publicidade