Bem-Vindo, Visitante
Username: Password: Lembrar-me

Pesquisa no Fórum

  • Página:
  • 1

TÓPICO: Aplicativos enviando usuários para áreas de risco

Aplicativos enviando usuários para áreas de risco 02 Mar 2017 19:46 #271151

Temos visto pela imprensa diversas ocorrências de usuários de aplicativos de smartphones sendo guiados para áreas violentas nas comunidades principalmente do Rio de Janeiro. Estes aplicativos são auditados de alguma forma ? O mesmo pode ocorrer com navegadores de GPS? Também estav preocupado com o site fora do ar. Tudo normal agora.
  • portelinha
  • Iniciante
  • portelinha's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 7
  • Agradecimentos: 1
  • Registro em: 26/08/2010
    Ult. Visita: 09/06/2017
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: Luixx

Aplicativos enviando usuários para áreas de risco 02 Mar 2017 20:25 #271154

Portelinha,

a maioria dos usuários são "induzidos" a optar pela configuração de rota em modo rápida ou curta; este é o problema. Qualquer algoritmo vai usar distância ou tempo para calcular a rota. Quando há dúvida, o melhor é configurar o algoritmo de cálculo de rota como "fácil", pois dificilmente levará o condutor/motorista a tais locais. Sim, anda mais, porém não há preocupação com distância ou tempo, simplesmente sugere lugares/vias mais conhecidas, talvez com menor risco.

A falha, talvez (insisto, talvez), seja o navegador vir configurado como default/padrão para rápida ou curta. É só mudar e as chances diminuirão.

[]'s
  • Xamanian
  • Usuário Platinum
  • Xamanian's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 1394
  • Agradecimentos: 2697
  • Registro em: 05/02/2013
    Ult. Visita: 15/01/2018
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: Kadao107, Luixx, Wil01, Ziko, orlyg

Aplicativos enviando usuários para áreas de risco 03 Mar 2017 17:08 #271176

Caro Xamanian,

Apenas para enriquecer sua colocação: ao traçar uma rota, seria interessante verificar quais os pontos em que a mesma nos leva. Dá para verificar isso pelo mapa ou entao simular a rota. Mas claro que para isso é preciso um certo "tato" para mexer com as funções. Falo isso me referindo aos IGO Primo e Amigo que utilizo. E nessa era tecnológica do tudo instantâneo, quem quer ficar reservando uns minutos para ver como o aparelho funciona e quem sabe até aprender algo novo. Há uma variedade de opções de GPS por aí, como bem sabemos. Enfim, um pouco de planejamento e informação nessas horas pode tirar muita gente de caminhos obscuros.

Saudações
  • AnderSart
  • Usuário Platinum
  • AnderSart's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 234
  • Agradecimentos: 194
  • Registro em: 15/08/2014
    Ult. Visita: 16/01/2018
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: Luixx, beharov, o black, Xamanian, Wil01, Ziko, orlyg

Aplicativos enviando usuários para áreas de risco 03 Mar 2017 17:51 #271177

Anderson,

perfeitas observações!

Ainda pensarei sobre o caso, mas acho interessante escrever um post (eu ou quem quiser) sobre o assunto. Muitos usuários de GPS simplesmente tentam traçar rotas de maneira mais elementar possível, ignorando, por completo, todos os recursos adicionais oferecidos. Usam as configurações default/padrão e nada mais.

Por exemplo, quantos usuários traçam rotas inserindo "destinos intermediários"? Eles sabem que este recurso existe e pode/deve ser usado em muitos casos? Ora, o que não falta é reclamação de que o "mapa" indica um caminho estranho e não passa pela rua/Av./cidade tal e que preferiria que assim fosse. Simples, basta forçar o navegador usar como rota proposta uma determinada rota passado pela rua/Av./cidade tal considerando-a(s) como destino intermediário!

Os usuários de navegadores da família iGO sabem que existem vários algoritmos de cálculos de rotas? Sabem a diferença entre as opções rápida, ecológica, curta, fácil e priorizar rodovias (quando disponíveis)? Será que as pessoas sabem que a escolha do tipo de veículo (carro, pedestre, bicicleta, ambulância, ônibus, táxi e caminhão) influência e muito o tipo de rota calculada pelo navegador ao usuário?

Dias atrás, mas bem recentemente, estava aqui com meus botões pensando sobre a opção "Rodovias" que aparece no menu de configurações de rota (no caso do Primo). O que se tem disponível é habilitar ou desabilitar a opção. E eu: Como assim? Afinal, rodovia (pelo código de trânsito brasileiro) é toda via que recebeu pavimentação (estrada, por definição, é sempre de chão. Logo "estrada de chão" é redundância). A maioria das vias asfaltadas que as pessoas normalmente trafegam fora da estrada (percurso rural) é deste tipo. O que seria, então, o tal "habilitar ou não rodovias"?

Pois bem, chutei uma rota, tipo São Paulo a Campinas (que conheço bem), mas apenas selecionando as cidades, sem nome de ruas e números. Verifiquei o resumo da rota nos dois casos: habilitando e desabilitando a opção disponível, depois fiz simulação para ver o que aconteceria. O resultado foi interessante! Com a opção "Rodovia" habilitada o Primo oferecia como rota (calculada) rodovias com pista dupla (digamos assim) e com a opção desmarcada somente rodovias simples (afinal, não dá para ir de uma cidade a outra sem passar por rodovias, todas asfaltadas, naturalmente).

Moral da história: no lang (em breve disponibilizo outro) onde está rodovia eu renomeei para "Autoestrada". Não existe tal expressão no código de trânsito brasileiro, somente rodovia, mas dividas por "classes". Na Classe 0 (zero) estão todas aquelas rodovias de pista dupla, com pelo menos duas faixas cada e em circuito rural. Tentar traduzir/adaptar Motorways como rodovia, ou rodovia de Classe 0 não diria muita coisa a quase ninguém. Por isso optei por autoestrada mesmo.

Em resumo: ao habilitar "Autoestrada" (como tenho usado atualmente aqui, no lugar de "Rodovia") o Primo faz um cálculo de rota considerando estradas de pista dupla; desabilitada a opção, estas são ignoradas. Quantos já notaram isso antes? Peço desculpas aos mais experiente, mas só recentemente eu me dei conta do significado. Não sou um expert de fato, mas imagine um leigo por completo!

Então, entendo, é preciso que se tenha um tópico bem escrito (por alguém) abordando maneiras de traçar rotas, alertando sobre possíveis problemas, o que é bom ou ruim, etc. Literalmente um caminho das pedras. Mais do que isso: com a participação de várias pessoas em seus vários posts, cada um podendo relatar suas experiências, bem sucedidas ou não, etc. Acredito que assim menos acidentes e incidentes possam ocorrer.

O que não dá é fazer como o desenvolvedor de um navegador GPS, que induziu (ou não!) uma turista estrangeira no Rio de Janeiro a seguir por uma rota passando por local perigoso, onde foi assinada e ficar em silêncio, se negando a prestar esclarecimentos sobre as possíveis falhas. Juridicamente eu entendo, humanamente, não!

Isto aqui é uma comunidade de GPS. Não se trata apenas de um repositório de novidades, mas também de orientação àqueles que ainda não sabem como melhor usar seus navegadores, indicando capacidades e limitações sobre os mesmos.

É possível fazer, somos capazes; façamos!


Abraços.
  • Xamanian
  • Usuário Platinum
  • Xamanian's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 1394
  • Agradecimentos: 2697
  • Registro em: 05/02/2013
    Ult. Visita: 15/01/2018
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: pirika, beharov, o black, CLAUDIO L, BOCANNERA, akoszt, Wil01, AnderSart, Ziko, orlyg...

Aplicativos enviando usuários para áreas de risco 04 Mar 2017 06:20 #271187

Xamaniam;

Sempre uso a opção "mais rodovias"; esta opção faz com que o calculo da rota seja traçado usando as "rodovias/estradas" de maior hierarquia entre os dois pontos.
No here mapcreator você pode ver a hierarquia das vias; Vias "brancas, amarelas, laranja, lilas, etc."
Existem outros fatores também que influenciam no calculo da rota. Como o aprendizado do GPS.
Mês passado fiz uma pequena viagem, saía da rodovia e o gps traçava a rota por duas vias (duas retas) até o ponto de chegada. Acontece que eu tive de procurar uma farmácia e sai da rota original, a partir dai sempre que Fazia uma nova rota para o ponto de destino, o GPS a traçava usando a rua da farmácia, fazendo com que eu passasse por ruas estreitas.
Quem mora no Rio tem uma noção das vias que se tem de pegar para sair, ou não entrar em áreas de "risco"; acontece que quem é de fora, não tem esta noção e segue literalmente a rota do gps, aconteceu com a argentina semana passada, com o casal paulista e vários outros. Eu aqui no Rio sempre confiro a rota pra ver se não me joga em uma "roubada", mas fora do Rio, sou obrigado a seguir as orientações do GPS por não conhecer o trajeto.
  • tttmio
  • Usuário Platinum
  • tttmio's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 378
  • Agradecimentos: 157
  • Registro em: 28/07/2011
    Ult. Visita: 16/01/2018
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: Xamanian, Wil01, Ziko, orlyg

Aplicativos enviando usuários para áreas de risco 04 Mar 2017 06:58 #271190

TTTMio,

a opção More highways, que antes estava traduzida (corretamente) como "Mais rodovias", eu troquei para "Priorizar rodovias". Mais, em português, dá ideia de quantidade, porém a frase sugere que se peça prioridade pelas rodovias na hora do cálculo da rota, no sentido de se ter menos estradas (chão), ruas e avenidas, até mesmo menos autoestrada. Observe que traduzi Motorways, recentemente, por autoestrada; já highways é rodovias mesmo (com asfalto).

Sim, (More highways) é uma ótima opção, mas note que não é muito adequada dentro das cidades (circuitos urbanos), pois ruas e avenidas não estão classificadas como highways (rodovias) e nem como motorways (autoestradas), mesmo sendo asfaltadas. Dentro de cidades ainda defendo que a opção Fácil é a melhor escolha quando não se conhece as mesmas.

Morei no Rio por cerca de 10 anos; a gente acaba aprendendo os macetes para não se envolver em enrascadas por lá. Mas tem uma cidade em Minas, que também conheço, que tem uma característica peculiar: há um cruzamento entre duas avenidas, sendo que uma tem pista tripla (as laterais com duas faixas e a central com quatro) e a outra avenida tem pista dupla (cada uma com duas faixas). Pois bem, tanto o mapa da Here quanto da TT indicam para o usuário (em rota traçada, claro) atravessar pelo cruzamento. Sendo mais claro, suponha-se naquela de três pistas, estando no lado direito, na pista mais à direita. Suponha que a rota indique tomar a outra avenida. A rota sugerida pelo Primo (independentemente do algoritmo) indica que o motorista vire à esquerda, atravessando o cruzamento. Como assim? Quando o semáforo é aberto, então circula veículos nas duas outras pistas também. Então é impossível. E isto não foi corrigido até hoje. Consequência: pelo menos 8 acidentes neste cruzamento nos últimos 4 anos, envolvendo motoristas de outras cidades. Observação: todos sempre usando navegadores GPS (não necessariamente Primo, não necessariamente com mapas Here e TT).

É claro que há fé cega nos navegadores GPS, algo que devemos conscientizar sempre que possível. Porém acredito que existem muitos usuários que não configuram bem seus navegadores, não porque não querem, mas por não saberem como fazer. A verdade, diga-se de passagem, é que as pessoas querem um navegador GPS que avise radares, querem se ver livres das multas. É correto, diga-se também. O problema é que estes usuários um dia tentarão usar os navegadores como o esperado de fato: traçar rotas que conduzem a lugares desconhecidos. Como isso ocorre, provavelmente, de improviso, surgem então os problemas.

A maioria traça rota clicando no botão "Procurar" e segue o que o GPS ordena. Aí se escuta o tempo todo a frase "Novo cálculo da rota". É disso que falo...


Abraços!
  • Xamanian
  • Usuário Platinum
  • Xamanian's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 1394
  • Agradecimentos: 2697
  • Registro em: 05/02/2013
    Ult. Visita: 15/01/2018
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: Ziko, orlyg

Aplicativos enviando usuários para áreas de risco 04 Mar 2017 07:19 #271193

Olá pessoal.

Para conhecer bem os pontos perigosos da cidade do Rio de Janeiro é preciso mais do que morar aqui.

Segundo o censo de 2010, havia na cidade 763 favelas. :(

Não vejo solução a curto ou médio prazo, nem para solução paliativa, como avisar o motorista sobre áreas perigosas, como solução definitiva, pacificar de verdade essas comunidades. A favela onde ocorreu o último episódio, da turista baleada nas costas, tem uma UPP, ou seja, o Estado deveria estar no controle. Não digo para extirpar todo tipo de crime, mas pelo menos esse de alguém entrar e ser atacado imediatamente pelo dono do lugar.

Abs

Obs: quando classifico favela como zona de risco, não estou querendo dizer que os moradores das favelas sejam bandidos. Ao contrário, a grande maioria é de cidadãos honestos e cumpridores das leis (pelo menos tanto quanto os honestos de fora da favela). Parte dessa maioria é cooptada pelo ganho fácil no tráfico (mesmo porque não existe outra opção decente de emprego), e todos servem de escudo. Se só tivesse bandido seria muito fácil acabar com o problema, bastava invadir e prender ou matar todos que reagissem.
  • luizcarlosrio
  • Moderador
  • luizcarlosrio's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 2131
  • Agradecimentos: 1088
  • Registro em: 04/07/2011
    Ult. Visita: 16/01/2018
Por favor, não me envie msg privada pedindo ajuda, pergunte aqui no fórum. Minha resposta lhe foi útil
e você faz questão de agradecer? Não escreva uma msg agradecendo, apenas aperte o botão. :)
Última Edição: 04 Mar 2017 07:41 por luizcarlosrio.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: Ziko

Aplicativos enviando usuários para áreas de risco 06 Mar 2017 04:33 #271219

***
  • Ziko
  • Intermediário
  • Ziko's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 99
  • Agradecimentos: 125
  • Registro em: 04/12/2015
    Ult. Visita: 14/01/2018
Última Edição: 13 Dez 2017 09:24 por Ziko.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: jorgeultra
  • Página:
  • 1
Time to create page: 2.717 seconds