Bem-Vindo, Visitante
Username: Password: Lembrar-me

Pesquisa no Fórum

Assuntos Diversos
  • Página:
  • 1

TÓPICO: Finalmente, a 'revolução da aeronáutica'!

Finalmente, a 'revolução da aeronáutica'! 25 Abr 2014 19:13 #220823

Olá amigos.

Perdoem-me pelo talvez excessivo entusiasmo, mas vi uma notícia hoje que eu não poderia deixar de compartilhar.
Trata-se do primeiro voo de uma aeronave elétrica para fins comerciais.
E ela não foi feita em fundo de quintal não, é um produto da Airbus, fabricante dos mais avançados aviões do mundo, incluindo o maior para o transporte de passageiros.
Eu, que tive a oportunidade de passar pela aviação a pistão e por parte da aviação turbo, vejo isso como uma nova fase, com aviões menos poluentes, mais seguros e muito mais silenciosos. Quem mora perto de um aeroporto internacional sabe o valor que essa última característica tem.

Mas deixemos de conversa fiada e vamos aos vídeos (o primeiro mostra detalhes da construção e primeiro voo):



O segundo só o voo, com mais detalhes:

www.airbus-group.com...ight+25.04.2014.html

Na página acima pode-se assistir ao vídeo, bem como fazer o download do mesmo, em até FullHD 1080 pixeis.

Se quiserem maiores detalhes sobre o avião, pesquisem no google por airbus e-fan

Abs
  • luizcarlosrio
  • Moderador
  • luizcarlosrio's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 2017
  • Agradecimentos: 926
  • Registro em: 04/07/2011
    Ult. Visita: 10/12/2016
Por favor, não me envie msg privada pedindo ajuda, pergunte aqui no fórum. Minha resposta lhe foi útil
e você faz questão de agradecer? Não escreva uma msg agradecendo, apenas aperte o botão. :)
Última Edição: 25 Abr 2014 19:31 por luizcarlosrio.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: BrunoBL

Finalmente, a 'revolução da aeronáutica'! 26 Abr 2014 07:48 #220850

Salve Luiz,

De fato é um marco, por se tratar de uma experiência feita pela Airbus.

Há muitos anos se faz experiências com aviões elétricos (o primeiro voo foi no início dos anos 70) mas a Airbus entrar nessa frente mostra que grandes empresas estão empenhadas nessa tecnologia e as novidades vão aparecer. Aliás, a Boeing também já andou fazendo experiências com avião elétrico, nesse caso alimentado por baterias para decolagem e células de hidrogênio para o voo de cruzeiro.

A má notícia no caso das baterias é que isso não vai muito longe enquanto não houver uma revolução na sua tecnologia. Já houve avanços nesse campo (de chumbo para níquel-cadmio e depois para polímero de lítio, ou "LiPo"), mas precisamos de outra reviravolta nessa tecnologia antes de ser possível explorar comercialmente aviões movidos a bateria.

As baterias de LiPo têm imensa densidade de energia, mas para usa-las como única fonte de energia é preciso ainda muito mais. Um avião comercial com baterias de LiPo ainda é inviável, nem se transportasse seu peso em baterias (ou mais) teria uma autonomia minimamente aceitável. Fora o risco de incêndio pelo qual são famosas as LiPo (vide celulares, aeromodelos e os novíssimos Boeing 787, todos com incêndios nas suas LiPo).

O voo elétrico em grande escala tem hoje um problema semelhante ao do voo motorizado do início do século passado, quando há anos já se voava com planadores mas ninguém conseguia sair do chão por meios próprios: a disponibilidade de uma fonte de energia suficientemente potente e com peso suficientemente baixo. Na época o problema era a motorização, hoje é a fonte da energia elétrica.

Esses voos com aviões elétricos feitos por ninguém menos que Airbus e Boeing mostram que gente muito séria está pensando nisso, o que é excelente.

BBL
  • BrunoBL
  • Gerente
  • Joinville - SC
  • BrunoBL's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 5070
  • Agradecimentos: 1616
  • Registro em: 11/06/2010
    Ult. Visita: 10/12/2016
Toda ajuda é feita via fórum. Não envie pedido de ajuda por mensagem privativa.
Clique aqui para ajudar a manter o GPSPoint no ar
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Finalmente, a 'revolução da aeronáutica'! 26 Abr 2014 08:30 #220852

Bom dia, Bruno.

O termo revolução da aeronáutica não é meu, foi usado pelo ministro francês.
Concordo com vc em que o empecilho para que as aeronaves com propulsão elétrica venham a substituir totalmente as movidas a fogo pode demorar ou nunca ocorrer, pelo motivo citado por vc, autonomia.

O termo comercial também não é meu. Acredito que foi usado em contrapartida ao termo experimental, que é o que todas as aeronaves elétricas eram até ontem.
Acho que esses aviões vão entrar no nicho dos Cessnas e assemelhados, para 2 a 6 passageiros, para viagens curtas.
O modelo com maior autonomia, 3 horas de voo, o E-Fan4, é um híbrido, tem um pequeno motor que recarrega as baterias, e leva 4 pessoas.

Aviões intercontinentais, com certeza*, só com novas tecnologias em baterias.

* Na verdade certeza sobre o futuro ninguém pode ter. Um sujeito metido a sabichão, muito tempo atrás, disse que tudo que podia ser inventado já havia sido. Quebrou a cara.

Abs
  • luizcarlosrio
  • Moderador
  • luizcarlosrio's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 2017
  • Agradecimentos: 926
  • Registro em: 04/07/2011
    Ult. Visita: 10/12/2016
Por favor, não me envie msg privada pedindo ajuda, pergunte aqui no fórum. Minha resposta lhe foi útil
e você faz questão de agradecer? Não escreva uma msg agradecendo, apenas aperte o botão. :)
Última Edição: 26 Abr 2014 08:34 por luizcarlosrio.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: BrunoBL

Finalmente, a 'revolução da aeronáutica'! 26 Abr 2014 11:42 #220861

Salve Luiz,

Outras afirmações de "nunca" famosas:

- Marinha americana: "a hélice nunca será um competidor sério para a roda d'agua em embarcações";
- Aeronáutica britânica: "o motor a jato nunca será um competidor sério para a hélice";
- Empresário americano: "Em breve haverá um avião particular em cada garagem"; EDIT - Essa não é "nunca", mas passou longe da mesma forma
- IBM: "os microcompudadores domésticos nunca precisarão de mais poder de processamento que os microcompudadores de escritório";
- Bill Gates: Os microcomputadores domésticos nunca precisarão de mais de 640K de memória RAM.

Esse pessoal já devia ter aprendido a não especular em público sobre o futuro...

BBL
  • BrunoBL
  • Gerente
  • Joinville - SC
  • BrunoBL's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 5070
  • Agradecimentos: 1616
  • Registro em: 11/06/2010
    Ult. Visita: 10/12/2016
Toda ajuda é feita via fórum. Não envie pedido de ajuda por mensagem privativa.
Clique aqui para ajudar a manter o GPSPoint no ar
Última Edição: 26 Abr 2014 21:42 por BrunoBL.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

Finalmente, a 'revolução da aeronáutica'! 26 Abr 2014 17:42 #220880

Boa tarde, BrunoBL.

Lembrei-me de uma propaganda da AirBus em uma revista sobre aviação, sobre o sistema adotado pelo consórcio europeu.

No desenvolvimento do primeiro avião comercial A300. Diziam que: "Outros" deram sucessivos "_Não", a cada passo planejado para alcançar um novo processo de fabricação, chegando ao último "Não": "_ Não vai levantar do chão... não vai voar ... :laugh:

Dada minha experiência com simuladores, hoje faço uso contínuo do regulador de velocidade, mais conhecido como Piloto Automático. Quem vê, pensa: "_ Esse cara é doido!". Segue um vídeo do que poderíamos ter em nossos carros num futuro próximo, o cockpit do A380 e suas telas multi funcionais. Ai, o cidadão pacato, vendo isso, irá dizer: "_ Que loucura!", eu digo _ Loucura, é não ter um Kombi ou Jeep _, para passar nos enormes buracos existentes em, pleno distrito federal. Pelo jeito, vou ter de instalar câmeras externas de visão noturna, para não destruir o meu "importado" :! A380 Landing KSFO San Francisco SUBTITLES English (without commentary)

Algum tempo atrás, pesquisando na internet, encontrei um montador de bicicleta elétrica lá em Goiânia, e a ideia foi usar os motores desenvolvidos para aeromodelos, junto ao pedal. Hoje, na Europa existem grandes fabricantes, oferendo-o junto ao próprio cubo da roda.

Mas, acompanhando vários comentários ao longo do tempo, descobri que submetido a um grande esforço, ocorrerá superaquecimento nas bobinas, diminuindo a vida útil.

rover
  • roverrollt
  • Usuário Gold
  • roverrollt's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 165
  • Agradecimentos: 68
  • Registro em: 18/07/2011
    Ult. Visita: 08/12/2016
Última Edição: 26 Abr 2014 18:23 por roverrollt.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: BrunoBL
  • Página:
  • 1
Time to create page: 0.254 seconds