Bem-Vindo, Visitante
Username: Password: Lembrar-me

Pesquisa no Fórum

Assuntos Diversos
  • Página:
  • 1

TÓPICO: Alta tecnologia....misturada com antiga.

Alta tecnologia....misturada com antiga. 26 Mar 2014 13:13 #218540

Olá pessoal.
Todos aqui certamente estão cientes do misterioso desaparecimento do Boeing 777 da Malaysian Airlines, que até agora ninguém conseguiu

encontrar nem saber a causa do desaparecimento.

Como o assunto tem a ver com gps, mesmo que indiretamente, venho aqui papear a respeito.

O avião, como todos já sabem, forneceu sua posição, através de equipamento transponder, nos primeiros 40 minutos do voo.
Depois disso, mais nada.
Radar (ou radares) militares captaram o avião fazendo uma curva à esquerda, e só.
Equipamentos da fabrica dos motores, RR, segundo consta, receberam informações de que os motores continuaram em funcionamento por
muitas horas depois da perda de comunicação e indicação de posição.

Um dos 10 satélites da empresa britânica Inmarsat recebeu 8 fracos pings, um a cada hora, que permitiram se traçar dois arcos que
poderiam ter sido descritos pela aeronave. Um apontava para o noroeste e outro para sudoeste. Coisa muito vaga, portanto.
Mas, e nessa hora eu sempre me surpreendo com a inventividade do bicho homem, engenheiros da empresa, depois de complicados
cálculos, conseguiram tirar dos fracos pings o efeito doppler e outros dados, o que acabou determinando uma rota mais confiável,
embora não muito exata. O último ping foi emitido em uma área muito grande, que é onde atualmente se realizam buscas por destroços.
O título desse tópico se refere a uma moderna tecnologia, satélite, com uma antiga, Doppler. Eu já voei usando doppler como instrumento de
navegação. Aliás, até navegação astronômica a gente usava.
Mas existe uma outra tecnologia envolvida: a boa e velha matemática. Eu até gostava da tal matemática, até perder o fio da meada. A
partir daí foi só enrolação.
Os engenheiros da Inmarsat passaram alguns dias e noites comendo pizza e quebrando a cabeça, conforme pode ser visto aqui:

physicsbuzz.physicsc...lly-find-flight.html

Mas o pior vem agora: Segundo a Inmarsat, já se usa satélites para controlar navios, bem como aviões, no hemisfério norte. O custo por voo é
de, pasmem, U$10!!!
Os pings em questão, que foram trabalhados para se conseguir traçar a rota do avião, na verdade são sinais emitidos a cada hora, e se
destinam a estabelecer contato com o satélite, visando transmissão de dados do voo (ACARS), dados esses que não têm nada a ver com
localização, e sim com a saúde dos sistemas da aeronave.

Acho que esse acidente vai fazer muita gente mexer o traseiro gordo e melhorar o rastreamento de aviões por esse mundo afora.

Abs

Nota: Tudo que eu escrevi foi fruto de leituras em fóruns especializados na net. Portanto, se escrevi alguma besteira, a culpa não é minha!

:whistle:
  • luizcarlosrio
  • Moderador
  • luizcarlosrio's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 2016
  • Agradecimentos: 926
  • Registro em: 04/07/2011
    Ult. Visita: 30/11/2016
Por favor, não me envie msg privada pedindo ajuda, pergunte aqui no fórum. Minha resposta lhe foi útil
e você faz questão de agradecer? Não escreva uma msg agradecendo, apenas aperte o botão. :)
Última Edição: 26 Mar 2014 17:13 por luizcarlosrio.
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.
Os seguintes usuários disseram Obrigado: Sherlock

Alta tecnologia....misturada com antiga. 26 Mar 2014 15:11 #218553

Algo semelhante aconteceu com o Air France que caiu no atlântico e nenhum traseiro gordo se mexeu!

Me desculpem, mas não consigo entender como até meu carro ou pior, meu celular, podem ser rastreados e um avião não. Eu devo ser muito burrinho mesmo.
  • adinis
  • Usuário Platinum
  • adinis's Avatar
  • OFFLINE
  • Postagens: 1001
  • Agradecimentos: 1218
  • Registro em: 29/10/2011
    Ult. Visita: 21/11/2016
Numa civilização ideal todos deveríamos ter os mesmos privilégios e regras mas, sabemos, que no dia a dia isto não é assim. Por isto "utopia" passou a ser sinônimo de desejável mas não alcançável. Pena!
O administrador desabilitou o acesso público de escrita.

  • Página:
  • 1
Time to create page: 0.384 seconds